Baixada Fluminense será a primeira região fora da capital carioca a receber uma UPP

Posted on 25/04/2013

0


BLOGWS_UPP-baixada fluminense_ABr_25-04-13

Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) chegará à Baixada Fluminense.

Relatório do Instituto de Segurança Pública (ISP) aponta 259 homicídios entre janeiro e fevereiro deste ano na região

Rio de Janeiro – A primeira Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) a ser instalada fora da cidade do Rio de Janeiro será na Baixada Fluminense, anunciou hoje (25) a Secretaria de Segurança Pública do Estado. A previsão é que isso ocorra nos próximos meses. Relatório do Instituto de Segurança Pública (ISP) aponta 259 homicídios entre janeiro e fevereiro deste ano na região. No mesmo período do ano passado, ocorreram 194 homicídios, um aumento de 33,5%.

De acordo com os indicadores sociais do ISP, a Baixada Fluminense apresenta quase 40 mil crimes para cada grupo de 100 mil habitantes, o dobro da média brasileira. Comparando os dados divulgados, se a região fosse um país, seria um dos dez mais violentos do mundo. Ela é formada por 13 municípios, entre eles Nova Iguaçu, Queimados, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaguaí e Magé e concentra 3,7 milhões de habitantes.

Secretaria de Segurança Pública informou, por meio de nota, que não tem como fazer uma análise sobre o aumento do número de homicídios na Baixada Fluminense. “É possível que esse aumento de assassinatos, seja, um fato isolado ou não. Desde 2006 até o ano de 2012, tivemos uma redução de 40% do número de homicídios dolosos, (em números absolutos foram 6.323 casos, em 2006, e 4.041 casos, em 2012). Os índices vão ser monitorados nos próximos meses para avaliarmos se há tendência de crescimento ou de queda nos crimes”.

Fonte: Agência Brasil/EBC
Foto: Tânia Rêgo / ABr
Edição: Aécio Amado