Aterro Presente fez mais de 800 prisões em 11 meses de atuação no Rio

Posted on 21/11/2016

0


aterrograndepresente3003952Entre os flagrantes, 578 foram de usuários de drogas, 14 de traficantes, 36 por porte de arma branca e 64 por roubo e furto e os agentes também cumpriram no total, desde o início da operação em 1º de dezembro de 2015 até agora, 97 mandados de prisão: sendo 42 por roubo, 19 por furto

Policiais militares e agentes civis da Operação Aterro Presente efetuaram mais de 800 prisões em flagrante em 11 meses de atuação. Entre os flagrantes, 578 foram de usuários de drogas, 14 de traficantes, 36 por porte de arma branca e 64 por roubo e furto. Os agentes cumpriram no total, desde o início da operação em 1º de dezembro de 2015 até agora, 97 mandados de prisão: sendo 42 por roubo, 19 por furto, entre outros.

– No Aterro, diminuímos em 80% os roubos e furtos da região – ressaltou o major Amandy de Souza Peres, coordenador da operação.

A segurança no Aterro do Flamengo é feita por 100 agentes e o patrulhamento é feito a pé, de bicicletas, de motocicletas e também com viaturas. A operação acontece de segunda a sábado, das 6h às 22h, e aos domingos e feriados, das 7h às 19h, com o apoio de 27 bicicletas, oito motocicletas, quatro viaturas e três vans. A operação ocorre nos mesmos moldes das outras ações do Segurança Presente no Centro, na Lapa, na Lagoa e no Méier.

Para fortalecer a credibilidade das operações, além das abordagens serem filmadas, as equipes também são monitoradas por GPS.

Parcerias

A Operação Segurança Presente é fruto de uma parceria entre o Estado e o Sistema Fecomércio RJ. Vários órgãos atuam na ação: Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos; Polícia Militar; Polícia Civil; Comando Militar do Leste; Guarda Municipal; secretarias municipais de Ordem Pública, de Desenvolvimento Social, de Conservação e de Transportes; além da Comlurb.

Fonte: Agência Rio de Notícias/AR